Escalar Empresas de Formação

É a nossa missão.

“Depois de viver as dores, decidi lançar a Gigantone”

É possível transformar a indústria da formação, multiplicando o impacto de cada empresa e, com isso, contribuir para populações com mais conhecimento e mais capazes de fazer a diferença.

Lancei a Gigantone já depois de viver por dentro as dores e as alegrias de gerir negócios de formação durante mais de 10 anos, e de perceber o potencial não explorado deste setor.

A Gigantone surge não apenas para partilhar com outros aquilo que aprendi, mas também para que outros, através das nossas soluções, mudem mais vidas e que, no conjunto, possamos mudar toda uma indústria.

“Escalar empresas de formação”, ainda que possa ser uma formulação simplista, é o desígnio que assumimos.

Como primeiro grande objetivo queremos, através dos nossos clientes, formar 10 milhões de pessoas!

Hugo Belchior, Fundador & CEO Gigantone 

“Se eu vi mais longe, foi por estar sobre ombros de Gigantes”

Isaac Newton

Foi com esta ideia nas nossas mentes que acabámos por escolher o nome Gigantone para a nossa empresa e o nosso produto, e foi esse espírito que guiou o processo criativo do logótipo.

Sendo certo que todos nós beneficiamos dos gigantes que abriram caminho e que nos permitiram chegar onde estamos, nós queremos ser os ombros onde os nossos clientes se podem apoiar, elevando-os a um novo patamar.

Gigantone é ainda, na cultura portuguesa, uma palavra divertida e que remete para momentos alegres, como devem ser os processos de aprendizagem.

O Gigantone é desenhado para todo o mundo, porém, com um toque de portugalidade de que nos orgulhamos.

Mais sobre a Gigantone

Como pode diferenciar o seu negócio?

Como pode diferenciar o seu negócio?

É importante não ser apenas mais um. Se quer ser igual a todos os outros que compõe o mercado, dificilmente terá o sucesso que provavelmente ambiciona. Claro está que ser...

O Ecossistema Digital: website

O Ecossistema Digital: website

Nenhuma empresa de formação pode querer crescer, ou sequer sobreviver, se não tiver um ecossistema digital forte. Ora, a peça central desse ecossistema deve ser o seu website....